Confira 5 dicas importantes para vender produtos personalizados

Você gostaria de receber algo que seja único, exclusivo, feito especialmente para você? Difícil encontrar alguém que não queira, não é? É por isso que vender produtos personalizados se tornou uma ótima opção para quem precisa ganhar dinheiro, mas não tem muito para investir.

Como a produção é diretamente proporcional à demanda, não é necessário um investimento alto para começar. Além disso, você pode oferecer diversos tipos de produto e aumentar o seu rendimento por venda. Gostou da ideia? Então, confira 5 dicas importantes para começar a vender produtos personalizados.

1. Entenda o seu cliente

Entender os desejos e necessidades dos clientes é um dos pontos de partida de qualquer empresa, afinal são eles que farão o seu negócio sobreviver. Porém, no caso dos produtos personalizados, isso é ainda mais relevante, já que o produto deve, literalmente, ter a cara do cliente. Sendo assim, é preciso fazer a lição de casa e estudar a fundo o seu público.

Também é fundamental ser flexível. Mesmo que você já mantenha modelos pré-moldados de produtos, sempre abra um espaço para alguma alteração, pois, dessa forma, será mais fácil atender às exigências do cliente.

2. Esteja presente nos canais certos

A ideia de estudar bem o seu público se encaixa também para saber como atingi-lo. Para tanto, é preciso ter certeza de onde ele está. Será que eles usam mais o Instagram ou o Facebook? Entram na internet pelo computador ou celular? Preferem atendimento por WhatsApp ou telefone?

Esses são alguns exemplos de perguntas que você tem que conseguir responder, para ser bastante assertivo na hora de encontrar e satisfazer esse cliente.

3. Ofereça produtos diversos

Uma boa dica para o mercado de produtos personalizados é oferecer diversidade dentre as suas opções de venda. Embora seja um mercado muito promissor, alguns produtos específicos sofrem com uma sazonalidade.

Sendo assim, manter bons negócios o ano inteiro depende de diversificar ao máximo a sua oferta. Se começar vendendo canecas personalizadas, por que não agregar também calendários, chaveiros ou mouse pads? Existem muitas possibilidades, descubra a que se encaixa melhor com o seu público.

4. Invista na qualidade

É importante lembrar que manter um alto nível de qualidade deve ser um padrão a se seguir, sobretudo nesse mercado. Os produtos personalizados normalmente são adquiridos com um intuito muito pessoal, seja para presentear alguém ou para registrar algum momento. Assim, a expectativa depositada nesses produtos é muito grande, para ser desmerecida com um item de má qualidade.

5. Capriche na embalagem

Como foi indicado acima, o produto personalizado é algo muito especial para o cliente, já que foi feito especificamente para aquela pessoa. Portanto, é importante ter o cuidado de valorizar o produto em todas as suas esferas, principalmente na embalagem.

O pacote é o primeiro contato do cliente com o produto, portanto ele deve ser bonito para marcar a experiência de abertura da caixa. Além disso, ele também precisa ser resistente, para que o produto não chegue amassado ou quebrado.

Para valorizar ainda mais esse momento, uma sugestão é dar um brinde para o seu cliente. Nós sempre gostamos quando recebemos mais do que pedimos, não é? Então, faça um agrado adicionando um adesivo ou quem sabe até um cupom de desconto para a próxima compra. Certamente o comprador ficará encantado!

Gostou das dicas para vender produtos personalizados? Continue a aprender mais sobre negócios, descobrindo agora a importância de definir o seu público-alvo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *